sexta-feira, dezembro 11, 2009

Da falta de pachorra

Não tenho impressora. Por isso vim a casa da minha mãe imprimir da HP dela. Como ela não estava em casa e não sei a password para entrar no seu Linux, contei até 10, respirei fundo e arranquei em Windows Vista. Lembro-me de que quando lhe instalei a impressora no Linux neste mesmo portátil bastou espetar-lhe o cabo USB, apareceu uma janela a dizer que tinha detectado a impressora modelo tal e que estava a partir daquele momento instalada. Sem mais nada.

Por isso, e como toda a gente insiste na lenda urbana de que o Linux é muito complicado e o Windows é que é fácil, achei que não havia razões para me enervar por antecedência. Vã esperança. Depois de largos minutos a arrancar pachorrentamente (não sem antes bloquear e obrigar a reiniciar), lá tossiu, pigarreou e gaguejou uma janela a dizer que tinha achado um dispositivo novo e se queria que o instalasse. Sim, filho, quero. Vários cliques e janelas depois, anunciou triunfante que não tinha conseguido instalar, pois não tinha o CD do produto com os drivers. Como em Linux não foi preciso CD nenhum, estranhei, mas rendi-me. Lá achei na net um grossíssimo ficheiro de 100 megas, na página da HP. Saquei, cliquei, respondi a inúmeras perguntas, e estou há cerca de 10 mnutos à espera de que esta MERDA instale. Se juntar o tempo que esta MERDA demorou a arrancar, mais o tempo que esta MERDA demorou a arrotar janelas sucessivas a comunicar que ia procurar não sei o quê não sei aonde, mais o tempo que esta MERDA demorou a chegar à conclusão de que é uma MERDA e que não conseguia instalar sem o CD, mais o tempo que, depois do download dos drivers, esta MERDA está a instalar, com toda a pachorra, a sacar mais cenas da net (então porque raio é que saquei um ficheiro de 100 megas se isto vai sacar ainda mais durante a instalação???), mais o tempo que decorreu desde que iniciei esta MERDA e comecei este calvário, já lá vão exactamente 43 minutos - e barra de progresso diz que está no passo 2 de 4 e eu acho que vou desisir e esperar que a minha mãe chegue, para entrar em Linux no mesmíssimo computador e usar a mesmíssima impressora.

2 comentários:

Bernardo disse...

Oh André!
Isso já me parece perseguição a mais! Arranjas TODAS as desculpas para dizer mal do Windows... Nesse caso a culpa é da HP porque faz drivers altamente manhosos e pesados que instalam tudo e mais alguma coisa... Nada tem a ver com o Windows!
Bernardo.

André . أندراوس البرجي disse...

Não, a minha questão é outra: porque é que o Windows não faz como o Linux, que põe a impressora operacional assim que se liga pela primeira vez, sem andar a chatear com outros drivers.