quinta-feira, março 13, 2008

Porque é que eu não mando vir coisas da FNAC.pt

Na Segunda, dia 10 de Março de 2008, encomendei na Amazon.co.uk a Key to a New Arabic Grammar, de John A. Haywood e H.M. Nahmad. Ficou-me em 24,92£ (32,50€), já com os portes de envio. O prazo de entrega foi britânico. Só hoje, dia 13 de Março de 2008, vim à faculdade, e lá estava a minha Key, no meu cacifo. Se só chegou hoje, foram 3 dias desde o pedido. Portanto, mandar vir de Londres é mais rápido do que mandar vir da FNAC ali em Lisboa. Com efeito, das duas vezes em que mandei vir coisas da FNAC.pt, nunca esperei menos de uma semana. Da Amazon.co.uk nunca esperei mais de 4 dias. E note-se que estou apenas a comparar com artigos disponíveis na FNAC no momento do pedido. Se tiverem de mandar vir, o período de espera pode ser de meses. Mais vale mandar vir da Amazon, mesmo da norte-americana. Mais rápido, mais barato, serviço melhor.

5 comentários:

Ricardo disse...

Concordo.
Também sou fã da Amazon britânica por causa disso... se bem que, com o euro tão forte e o dólar como está, nem me importo de esperar mais uns tempos (mas já me chegaram artigos em menos de uma semana, vindos dos EUA).

André disse...

Eu também pensei nisso, mas neste caso concreto a diferença era mínima, e preferi mandar vir do Reino Unido. Mas tenho feito isso várias vezes, mando vir dos EUA aproveitando o dólar baixo. No entanto normalmente as coisas inglesas saem mais baratas mandando vir mesmo do Reino Unido, mesmo contando com o dólar baixo. Cometi o erro de mandar vir, há tempos, o OCD via EUA, e arrependi-me amargamente: não só saiu mais caro como tive de pagar despesas de desalfandegamento, por ultrapassar o peso limite. Aliás já me aconteceu o mesmo com uns ténis Converse Allstar (OK, também tenho direito às minhas futilidades): eram bastante mais baratos na Amazon.com do que em qualquer loja portuguesa, o que não é de admirar. Feito esperto, mandei vir numa só remessa 3 pares, achando que me sairia mais barato do que mandar vir 3 encomendas separadas. Acabei por pagar uma pequena fortuna de impostos alfandegários, de modo que, como disse à senhora que me assaltou, por aquele preço tinha ido e vindo num voo "Low Cost" a Nova Iorque. Ficava mais barato, e sempre passeava. Hélàs.

monkay disse...

eu nunca comprei nenhum artigo online, mas penso em faze-lo e vou seguir a vossa recomendação de comprar no amazon uk.
mas antes de comprar gostaria de saber se tenho que ir buscar o artigo encomendado à alfandega ou vem directo casa?

André disse...

Direitinho a casa. Aproveito para dizer que a minha última encomenda foi feita na passada Quarta, dia 28, e na Segunda, dia 2, já estava nas minhas mãos.

Anónimo disse...

Depois de ler isto achei também importante mencionar que quando as coisas correm mal com a fnac.pt são muito maus a resolver problemas. Comprei uma coisa diferente uma das vezes, um tablet samsung que estava disponível, e paguei na hora. Ligaram-me passado uma semana a dizer que afinal não havia, e como foi em nome da minha irma que fazia anos e nao correspondia com o nome de quem pagou demorou 60 dias ate me devolverem o dinheiro. (depois de ter ligado umas 5 vezes para lá)